Catolicidade e sentido das Jornadas da Juventude

5
Partilhas
20
Visualizações

Muitas pessoas que participam das Jornadas Mundiais da Juventude há 40 anos – a primeira data de 1984 – recordam a força de um evento como esse que marca uma etapa importante na experiência da fé, ao investir a fé de sua dimensão eclesial. Uma das brilhantes intuições da JMJ é, de facto, ser um marco para experimentar o que é a Igreja, tocar de coração a sua catolicidade, a sua universalidade.

A partilha com jovens de outras origens, as celebrações, os momentos de oração e também de celebração, os ensinamentos, a descoberta da vida das Igrejas locais, a hospitalidade recebida, tudo isto constitui uma conjunto de oportunidades para descobrir uma Igreja muito mais bonita, rica, mais diversificada nas suas formas de viver a fé, de celebrar, de servir do que a que cada um pode ver nos lugares que costuma frequentar.

Artigo Seguinte

Bem-vindo de volta!

Login na conta

Recuperar Password

Por favor, digite seu nome de utilizador ou endereço de e-mail para redefinir a password.